Blackout (Blecaute)

Definição: Interrupção total do fornecimento de energia por minutos ou horas, mais conhecido como apagão.

Causas: Acidentes, Raios, abertura de fusíveis nos sistemas de distribuição, falhas nas concessionárias,  curto circuitos e racionamento de energia.

Efeitos: Sistemas inoperantes, travamento de sistemas eletrônicos, perda de dados, danos ao hardware, insegurança.

Solução: No-breaks e Grupos Geradores


Choque Elétrico

Definição: A reação do organismo à passagem da corrente elétrica pelo corpo é caracterizada como choque elétrico. Sendo o corpo humano condutor (baixa resistência a corrente elétrica), o contato parcial ou total com um objeto eletrificado, fecha o circuito, passando a circular a corrente pelo corpo. Com uma resistência média de 300 ohms, esta corrente vai depender da tensão presente no objeto e a área de contato ( menor ou maior ).

Causas: As mais freqüentes são: contato com fiação energizada em instalações domésticas ou industriais, fontes de equipamentos eletrônicos, cargas estáticas acumuladas por atrito, fugas de corrente por falhas de isolamento, condutores de alta-tensão, acidentes ( trabalho ou por forças da natureza) e equipamentos não aterrados.

Efeitos: A intensidade da corrente que circula no corpo pode gerar conseqüências:

  • 1,0 a 16mA = Parada respiratória, queimaduras
  • 20 a 100 mA = Ataque cardíaco, queimaduras
  • 100 a 2A = Parada cardíaca,queimaduras,quedas

Solução:

  • Prevenção ( tipos de proteção e cuidados)
  • Aterramento ( equalização de potenciais )
  • Instalações Elétricas dentro das Normas ABNT

Descargas atmosféricas

Definição: Conhecidas como Raios, são fenômenos da natureza caracterizados por descargaselétricas que ocorrem para a neutralização das nuvens carregadas.

Esta neutralização ocorre entre nuvens ou nuvem e a terra, através de uma sucessão de descargas, que começam na base da nuvem, procurando um caminho de baixa resistência, que cresce e se expande em ramificações buscando estes pontos de baixa resistividade no solo e ou artefatos condutores.

Esta descarga é também caracterizada pela luminosidade e barulho ( trovão ), que é o deslocamento da massa de ar que circula o caminho do raio em função da elevação da temperatura durante o fenômeno.

Causas: Acumulo de cargas negativas nas nuvens, buscando o equilíbrio.

Efeitos:

1.Diretos: O Raio atingindo diretamente uma rede elétrica, telefônica, imóvel, ou ser vivo, provoca graves danos materiais e perda de vidas.

2. Indiretos: Efeitos indutivos provocam surtos de tensão que chegam a milhares de volts nas redes elétricas e telefônicas. Estes transientes podem provocar a queima de equipamentos eletro-eletrônicos e choque elétrico.

Solução: 

  • Protetor de Surtos compatível (indireto)
  • Pára-raios (direto)

Distorção Harmônica

Definição: Alterações na forma de onda ideal para a Tensão em um ciclo completo
de alternância ( Senoidal ) e ou seus harmônicos.

Causas: Fontes chaveadas, Retificadores, Motores, Sistemas Tiristorizados
funcionando sem as devidas precauções ou projetos deficientes.

Efeitos: Sobreaquecimento das fontes de alimentação, podendo levar a danos circuitos eletrônicos e transformadores que foram projetados para 60HZ.

Solução: Filtros ativos de harmônicos


Falha de Continuidade

Definição: Parada inesperada do sistema, com as tensões de alimentação em níveis de normalidade.

Causas: Falhas de funcionamento em equipamentos eletrônicos ou dispositivos elétricos de proteção devido a falta de manutenção preventiva ou fim de vida útil.

Efeitos: Prejuízos financeiros por paralisação da produção, altos custos de manutenção.

Solução: Programa de Manutenção Preventiva


Micro-faltas

Definição: FLICKER, quedas de tensões a nível zero, com duração de milisegundos, muitas das vezes imperceptíveis ao usuário de equipamentos, mas não aos sistemas.

Causas: Falhas nos sistemas de distribuição das concessionárias, equipamentos de alta potência sendo  acionados, curto circuitos.

Efeitos: Travamento de sistemas eletrônicos, perda de dados, danos ao hardware.

Solução: No-breaks


Ruídos de Linha

Definição: Sinal indesejável, de alta freqüência(EMI)Eletromagnético ou ( RFI) de Radio Freqüência. Agregam componentes que interferem no valor nominal da tensão fornecida pela concessionária ou sistema de geração em 50/60 Hz (Padrão).

Causas: Comutação de cargas indutivas ou capacitivas (motores, fontes chaveadas,ar condicionado, retificadores, geradores).

Efeitos: Instabilidade no funcionamento de equipamentos eletrônicos em geral, travamentos
de computadores, distorção na tela de monitores, danos aos drives, perda de dados, possíveis
queimas de circuitos em situações mais críticas.

Solução:

  • No-breaks dupla conversão
  • Transformadores de Isolação com blindagem eletrostática
  • Filtros de Linha

Surtos ou Transientes

Definição:

SURGE: Variações bruscas de tensão, acima de 110% do valor nominal fornecido, com duração de "milisegundos".

SAG: Diminuição brusca da tensão com duração de milisegundos.

Causas: Equipamentos de alta potência sendo ligados ou desligados, curto circuitos, interrupções operacionais, descargas atmosféricas.

SPIKE: Variações bruscas de tensão e corrente a picos de 5000 a 20000 volts, com
duração de "microssegundos".

Causas: Efeitos indutivos de descargas atmosféricas, acionamento de cargas indutivas.

Efeitos: Queima de equipamentos eletrônicos (fax-computadores-telefone-video)

Solução: Supressor de Surtos compatível


Variações de Frequência

Definição: Oscilação acima de +ou- 5% na Freqüência Nominal da tensão fornecida por um gerador, usina ou outros sistemas. ( 60 Hz no Brasil )

Causas: As concessionárias, por lei devem fornecer dentro dos limites. Maiores ocorrências em pequenas usinas termoelétricas e grupos geradores.

Efeitos: Sobreaquecimento das fontes de alimentação, podendo levar a danos circuitos eletrônicos e transformadores que foram projetados para 60HZ.


Variações de Tensão

Sub e Sobretensões: são alterações no valor nominal que deve ser fornecido pela concessionária ( 110/127/220/380/440 V) em percentuais que variam de 10 a 25 % em curtos ou longos períodos de tempo (Brown-out).

Causas: Falhas na distribuição da concessionária, cargas sendo ligadas em redes mau dimensionadas, (como motores e outras com picos de corrente na partida), final de linha em redes de distribuição.

Efeitos: Diminuição do desempenho de motores, desligamento de sistemas eletrônicos,travamentos de computadores, distorção na tela de monitores, danos aos drives e perda de dados.

Solução:

  • Estabilizadores eletrônicos de precisão
  • No-breaks estabilizados
  • No-breaks dupla conversão

Equipamentos:

Estabilizadores e Condicionadores De Tensão

Equipamentos utilizados para correção de variações de tensão na rede de entrada são conhecidos como estabilizadores ou reguladores de voltagem.

Para as correções são estabelecidas faixas máximas e mínima na tensão a ser corrigida na entrada,e uma faixa de precisão ou regulação na saída, conhecida como regulação estática.

Utilizam tecnologias por taps ou correção por ângulo de fase(linear) para corrigir estas oscilações.
Cada tecnologia apresenta vantagens e desvantagens, devendo ser estudada a melhor aplicação.


NO-BREAKS (UPS)

São Equipamentos eletro-eletrônicos cujo objetivo é fornecer tensão alternada por determinado período de tempo , durante a falta de energia, mantendo a carga em funcionamento.

O (UPS) Uninterruptible Power System ( Sistema Ininterrupto de Energia ) passou
a ser conhecido no Brasil como No-break.

Utilizando como fonte de energia baterias (acumuladores de energia ), estes equipamentos são dotados de carregadores-retificadores ( transformam tensão AC em DC, e inversores( transformam tensão DC em AC ).

Os Modelos são diferenciados em tecnologia, recursos de segurança, tensão e potência.
Os usuários devem pesquisar a melhor relação custo/benefício.


Supressores

Os Supressores de Surtos são dispositivos eletro-eletrônicos que se propõem a absorver e/ou desviar para um ponto aterrado uma sobre corrente percebida, protegendo a carga.

Estes dispositivos são construídos com a utilização de um ou mais componentes de acordo com o gama e tempo de ação da proteção.

Os Componentes mais conhecidos são os Centelhadores a Gás, Varistores e Tranzorbs.
As diferenças entre tecnologias de proteção são definidas basicamente com os sistemas projetados para ficar em série ou paralelo com a carga, em forma de associação simples ou em cascata dos componentes mencionados.

As características do produto deverão ser definidas de acordo com o nível de exposição do local aos distúrbios ( pequeno - médio - grande ).

SELECIONE SUA SOLUÇÃO DIGITEK

produtos

tudoGeradoresEnergia para Área MédicaBaterias VRLA e Estacionáriasar condicionado de precisão

Estabilizador CStransformadorChave EstáticaPainel ElétricoINVERSORES

 serviços

banco de bateriasmanutenoMonitoramento Remotoinfraestrutura

 consultoriaanalise de energialicitaesLocação de gerador e Nobreak

 EXCLUSIVO

Geraflex 85

 

 

A Empresa

 

Desde a sua fundação em 1983 a nossa trajetória profissional e empresarial sempre esteve fundamentada numa constante renovação e ampliação dos produtos e serviços.
 
Representamos os melhores produtos de sistemas de energia através de conceituados fabricantes que estão em constante investimento tecnológico.

Nossa equipe técnica e comercial apresenta as melhores soluções de custo e benefício que podem levar confiabilidade aos nossos clientes.

Nossas novas instalações apresentam uma ótima infra-estrutura para atendimento aos equipamentos de pequeno porte em laboratório, com estacionamento e fácil acesso.


Nossa equipe está apta a  fornecer consultoria e suporte técnico qualificado na especificação, instalação e manutenção preventiva e corretiva para nossos produtos.

 

Sala de treinamentoSala de TreinamentoSetor ComercialSetor Administrativo e recepçãoRecepçãoEstoque

< jdoc:include type="modules" name="overlay" style="xhtml" />